segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Projeto Rondon - Lição de Cidadania


“A Operação Centenária do PROJETO RONDON, ROSÁRIO DO CATETE/SE, BRASIL, foi uma experiência única na vida de todos. Gostaria que cada um fosse Rondonista em sua profissão, em sua cidade.
Fomos deslocados para longe... Muita cultura, amor, alegria e lutas, porém desigualdade, exploração, assistencialismo.... Pare e olhe para o lado que veremos tudo isso por onde estivermos, em maior ou menor grau ... Porém é hora de agradecermos o que conquistamos e sempre ajudarmos ao próximo em prol de uma sociedade mais justa e com igualdade para todos.” Hoje acordei pensando que tudo fosse um grande sonho.... PORÉM NÃO FOI... Foi uma grande oportunidade que devemos trazê-la para nossas vidas ..... Clayton França Carili Coordenador da Unitri em Rosário/2007

Foto: Rondonista, membros do Comitê da Rede Vale – Rosário do Catete na comunidade de Tamandaré em ação conjunta do Projeto Rondon comunidade e Voluntários Vale.

Em duas missões a Rosário do Catete/SE os alunos da Unitri foram com a coordenação dos Professores Clayton França Carili e Alcione Lacerda Rodrigues da Cunha onde na primeira operação desenvolveram várias ações em conjunto com os alunos da Unicamp coordenados pelo professor Hiroshi.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Projeto de Pesquisa em andamento -A ferrovia em Araguari: Complexo Ferroviário da Estrada de Ferro Goiás

Resumo do Projeto

ALUNO BOLSISTA: Marcela Fleuri André de Melo

AGENTE FINANCIADOR: FAPEMIG

PROBLEMA:
Existem vários estudos que envolvem o complexos ferroviário de Araguari, porém nenhuma pesquisa sistemática em documentações que pertencem ao complexo ferroviário como plantas arquitetônicas, documentos e jornais a partir da década de 10 do século XX que constam de documentação do Arquivo Público Municipal Dr. Calil Porto. A partir de estudos sistemáticos e pesquisa deste material, alguns ainda não explorados como é o caso das plantas arquitetônicas, teremos uma leitura tipológica, histórica e arquitetônica destas fontes de pesquisa possibilitando assim descobertas novas e escrever a história do complexo a partir de outras fontes de pesquisa.

OBJETIVOS: Pesquisar e inventariar as plantas arquitetônicas a partir de uma análise e seleção do material disponível, a pesquisa em jornais elaborando assim um panorama arquitetônico e histórico do complexo ferroviário da Goiás em Araguari/MG, a partir das fontes pesquisadas, com a produçãode um artigo e a confecção de fichas de inventário do material pesquisado.

METODOLOGIA: A metodologia para a execução do trabalho será a separação, catalogação e análise das plantas arquitetônicas existentes, fotografia destes materiais, análise dos jornais e descrição dos artigos referentes ao tema e um pequeno resumo destas matérias. Já está sendo pesquisado o as publicações já desenvolvidas (dossiês, planos de inventário, monografias) e após este trabalho será formatado as fichas e elaborado o artigo tratando do tema da pesquisa e dos resultados obtidos a partir das pesquisas a respeito do tema.

Projeto de Pesquisa em andamento - Inventário dos Bens Culturais Tombados de Estrela do Sul/MG, sede do município


Resumo do Projeto
ALUNO BOLSISTA: Gabriela Pinheiro Roza
ALUNO VOLUNTÁRIA: Betina Piva
AGENTE FINANCIADOR: FAPEMIG

PROBLEMA: O conjunto arquitetônico e paisagistico de Estrela do Sul/MG e considerado na Constituição Mineira como Patrimônio de Minas Gerais e um dos unicos conjuntos arquitetônicos coloniais preservados na região do Triângulo Mineiro. São tombados pelo município, 68 imóveis, sendo 37 imóveis na sede e 31 nos distritos e na zona rural. Estes imóveis não possuem nenhuma documentação que os identifiquem não possuindo inventário e dossie dos bens culturais não tendo assim documentação alguma ficando estes a mercê de descaracterizações pela falta de documentação – inventário,diretrizes, definição de perímetro de entorno e tombamento.

OBJETIVOS
Inventariar, registrar e catalogar os bens tombados na sede do município de Estrela do Sul. Contribuir para o conhecimento da cultura local sob os aspectos histórico, físico, construtivo, observando sua transformação ao prol da salvaguarda dos bens culturais tombados e de diretrizes de intervenção e preservação.longo do tempo, o estado de conservação atual destes bens sendo o inventário o primeiro passo em em prol da salvaguarda dos bens culturais tombados e de diretrizes de intervenção e preservação.

METODOLOGIA
A metodologia para a execução do inventário é a análise dos registros documentais, pesquisas históricas; mapas, fotografias, identificando os bens culturais tombados na sede do município. Após a identificação serão feitas vistorias aos bens com o preenchimento de fichas para identificação do proprietário, endereço, ano de tombamento, histórico do bem, situação de ocupação, análise do entorno e ambiência, análise do estado de conservação, fatores de degradação, intervenções. Na execução do trabalho os proprietários serão entrevistados e será feita uma análise tipológica e evolutiva da formação urbana e arquitetônica da sede do município de Estrela do Sul.

domingo, 14 de dezembro de 2008

Confira !!!!!!!!!!Aprovado bolsas de Iniciação Científica


Nesta quinta-feira,11 de dezembro de 2008, foi aprovado duas bolsas de Iniciação Científica do prof. Clayton F. Carili, para dois alunos do Curso de Arquitetura e Urbanismo financiados durante um ano pela FAPEMIG.
O projeto tem como objetivo dar continuidade ao Projeto de Inventariamento dos Bens Culturais tombado pelo município de Estrela do Sul, que foi iniciado em 2007 - distrito sede. O projeto contempla neste próximo ano o inventariamento destes bens tombados da zona rural e dos distritos e o levantamento das edificações religiosas de Estrela do Sul. Os alunos bolsista tiveram que apresentar seu plano de trabalho juntamente com o projeto do professor e curriculum para seleção e aprovação da comissão cientifica da Unitri.
Os alunos que receberão a bolsa e serão pesquisadores orientados pelo professor são:
André Luiz Borges de Avila;
Jamile Salomão Silva
Parabéns a eles e um bom trabalho em 2009!!!!!!!!!!!

sábado, 13 de dezembro de 2008

Mutirão Estação - Projeto de Restauração e Adequação da Estação da Goiás - Palácio dos Ferroviário é Premiado pelo IAB/MG




O projeto desenvolvido pelo Prof. Clayton França Carili, foi premiado no 10° Prêmio do Instituto dos Arquitetos do Brasil – Minas Gerais em 1° Lugar na Categoria “Conservação, Reutilização, Requalificação e Valorização do Patrimônio Construído”.

“Agradeço a Equipe que participou conjuntamente nas diversas área, na elaboração do projeto de restauro em especial a Thaís Tormim Porto Arantes, amiga e historiadora, aos parceiros que auxiliaram para o envio dos banners a premiação: Prefeitura Municipal de Araguari/FAEC amigos e parceiros da Divisão de Patrimônio Histórico de Araguari, a Empol na pessoa do amigo João Alberto Alves e em especial ao amigo e fotografo Henrique Vieira que em conjunto fizemos a montagem dos Banner a todos muito obrigado.” Clayton F. Carili

A abertura Solene da Exposição dos Trabalhos será no DIA 10 DE FEVEREIRO DE 2009 na sede do IAB/MG, situado à rua Mestre Lucas, 70 Bairro do Cruzeiro em Belo Horizonte/ Minas Gerais.CONFIRA!!!!!!!!!!!!!!!!

Confira a reportagem que foi publicado no jornal Gazeta do Triângulo de 23 de dezembro de 2008.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Confira Datas Importante do Final do Semestre

Confira as datas da Entrega das Avaliações
As notas serão divulgadas no Blog em 14 de dezembro de 2008
ATENÇÃO:
Vista de Nota 15 de Dezembro das 7:15 as 10:00
Escritório Modelo

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Arquitetura de Interior - V2

Critérios a serem observados na V2

Capa: Arquitetura e Urbanismo, Nome dos autores do projeto , nome do professor, nome da loja, Unitri ,4º Período.

·Prancha 01(VALOR: 2,0 PONTOS)
Conceito, Programa de necessidades, Descrição dos principais materiais utilizados, situação do bar com relação ao centro comercial, caso seja utilizado para o bar os sanitários do centro comercial localiza-los em planta.

Prancha 02/03 (VALOR: 2,0 PONTOS)
Plantas, definição dos equipamentos, mobiliário, pisos, cômodos de apoio, iluminação (portas e janelas), locação de todo o programa de necessidades apresentado e definição deste programa

· Prancha 04/05 (VALOR: 2,0 PONTOS)
Vista interna (mínimo quatro vistas)
As vistas deverão mostrar alturas do mobiliário com a definição deste e os materiais utilizados demonstrando a ambiência proposta com relação ao tema escolhido.


· Prancha 06 (VALOR: 2,0 PONTOS)
Detalhamento com a proposta de aberturas (fachadas), definição de revestimento, cores e logomarca do bar

·Prancha 07 (VALOR: 0,5 PONTO)
Plantas com pontos de luz e tomadas. Caso seja proposto rebaixo, molduras, sancas em gesso detalhar.

· Prancha 08 (VALOR: 1,5 PONTOS)
Perspectivas internas e externas do bar visando o entendimento por completo do cliente ao estudo proposto.

Planejamento, Cidades e Regiões Urbanas II - Avaliação V2

Matéria da Avaliação V2
Data 08 de dezembro de 2008 – 10:00 /12:30

Livro: Introdução do Desenho Urbano no Processo de Planejamento – Vicente Del Rio
Capítulo 1, 2,3,4,5,6 e 7

Resumos da VT – Fichamento dos Capítulos do Livro de Kevin Lynch( alunos que não fizeram o interdisciplinar) e texto “Rio de Janeiro, O que transforma e em que é transformado”