quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

TÉCNICAS RETROSPECTIVAS - TRABALHO DE VISITA A UM BEM CULTURAL


Cada grupo ( MÁXIMO TRÊS ALUNOS) irá visitar o bem cultural determinado sendo que irá apresentar

 em datashow

o seguinte:

Nome do Bem

Nome do grupo

Nome da disciplina

Nome do professor

Data do imóvel

Localizaçãocolocar o bem cultural no mapa de Uberlândia/MG

Estilo Arquitetônico?

Para que foi construido? Quando?

O que funciona hoje?

Ano do tombamento?

Fotos Internas e Externas

Foto do grupo na porta do imóvel
DATA: PRÓXIMA AULA 26 DE FEVEREIRO
QUEM NÃO TIVER GRUPO OU BEM FAVOR PROCURAR A GABRIELA DO OITAVO PERÍODO

CLICK E CONFIRA OS PARTICIPANTES DO OPERA PRIMA

 O Curso de Arquitetura e Urbanismo da Unitri, participa com o projeto de três alunos:

Arthur Dornelas
Marco Túlio Teodoro Violatti
Mayra Dayanne Fernandes De Melo

Aos alunos parabéns pelos trabalhos apresentados que estarão expostos no Evento que acontecerá de lançamento da Revista dia 30 de março de 2016.


https://arcoweb.com.br/operaprima/

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

NONO PERÍODO CONFIRA OS SEMINÁRIOS NA PRÓXIMA SEMANA

LOCAL BLOCO E SALA DA GOVERNANÇA -  PROGRAMAÇÃO CONFIRMADA!!!!

domingo, 14 de fevereiro de 2016

PROGRAMA DE PROJETO D1 E D2 - PRÉ-PROJETO: CRITÉRIOS E FORMATO A SER SEGUIDO









PROJETO DE ARQUITETURA V- HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL PRÉ REQUISITOS PROJETO




PROJETO DE ARQUITETURA V- PRÉ-REQUISITOS PARA O DESENVOLVIMENTO DA PROPOSTA

TEMA: Habitação de interesse Social, Bairro Multifuncional e parque.

INTERDISCIPLINARIDADE: A partir da definição da área a ser projetada, o bairro multifuncional em Uberlândia/MG será definido pelas duplas. A área e/ou áreas a serem implantadas as unidades de habitações de interesse social farão parte do PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA, sendo um conjunto habitacional de interesse social que obrigatoriamente deverá ter tipologias diversas – casas térreas, casas geminadas, unidades multifamiliares de até quatro pavimentos.

OBJETIVO: Definir tipologias diferentes para as unidades habitacionais, tornando o conjunto mais agradável. A composição plástica e a sua implantação, juntamente com os diferentes tamanhos e volumes, proporcionarão atendimento à diversos tipos de famílias, e rendas variadas.

·           Todas as habitações terão banheiros para Portador de Necessidades Especiais com pia, vaso, chuveiro, permitindo acessibilidade na unidade habitacional. As portas serão obrigatoriamente de 80 cm permitindo assim a acessibilidade aos cômodos. A acessibilidade plena (somente uma porcentagem das unidades habitacionais terão acessibilidade completa). Todos os banheiros deverão ser adaptados para PNE. Necessidade essa que vai de encontro com a tendência do envelhecimento da população brasileira e o aumento da expectativa de vida. 

·           Será seguida com pré-requisito mínimo às especificações do PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA, Caixa Econômica Federal, porém o tamanho das unidades será estipulados pelos professores neste documento.

·           Atender ao Manual de Desenho Universal – Elaborado pelo governo do Estado de São Paulo.

·           As tipologias das unidades SERÃO OBRIGATÓRIAMENTE TIPOLOGIAS MISTAS (unidades térreas, unidades geminadas, unidades multifamiliares com até quatro pavimentos), sendo que estas deverão proporcionar maior dinamismo volumétrico e possibilidades diversas de composição da paisagem urbana a ser gerada. A implantação será definida pelas duplas, não sendo necessária a divisão dos lotes.

·           O projeto DEVERÁ OBRIGATORIAMENTE CONTAMPLAR pelo menos QUATRO TIPOS DE UNIDADES HABITACIONAIS sendo que não será permitido ultrapassar as áreas previstas do pré-requisito solicitado, sendo estas áreas definidas como áreas úteis (áreas sem as paredes internas e externas somatória das áreas interna dos cômodos de uma unidade habitacional):

1.     UNIDADE HABITACIONAL TIPO 1 - UNIDADES COM ACESSIBILIDADE PLENA, sendo de 3 quartos, de até 70 m² sendo que nestas unidades privilegiarão, O DESENHO UNIVERSAL em todos os cômodos – 20% DAS UNIDADES;

2.     UNIDADE HABITACIONAL TIPO 2 - UNIDADES COM DOIS QUARTOS sendo que nestas unidades a área máxima de 42 m²;

3.     UNIDADE HABITACIONAL TIPO 3 -  UNIDADES COM TRÊS QUARTOS sendo que nestas unidades a área máxima de 51 m²;

4.     UNIDADE HABITACIONAL TIPO 4 -  UNIDADE COM UM QUARTO, sendo que nestas unidades a área máxima de 35 m²10% DAS UNIDADES;





PROGRAMA DE NECESSIDADE BÁSICO DAS UNIDADES

O número de unidades habitacionais: 380 unidades.

UNIDADE HABITACIONAL TIPO 1 E TIPO  3:
1. Sala;
2. Cozinha;
3. Lavanderia;
4. Três quartos;
5. Banheiro – ACESSIBILIDADE PLENA.
SENDO QUE NA UNIDADE 1 O APARTAMENTO É MAIOR PARA POSSIBILITAR O DESENHO UNIVERSAL.

UNIDADE HABITACIONAL TIPO 2:
1. Sala;
2. Cozinha;
3. Lavanderia;
4. Dois quartos;
5. Banheiro – ACESSIBILIDADE PLENA.

UNIDADE HABITACIONAL TIPO 4:
1.Sala conjugada com cozinha, lavandeira e quarto
2. Banheiro – ACESSIBILIDADE PLENA.

Será permitida, caso necessário, a construção de sacadas na tipologia de habitações multifamiliares, sendo a área das sacadas propostas de até a 8% da área útil das unidades habitacionais.

Número máximo de pavimentos – térreo, mais quatro pavimentos, sendo necessária a colocação de elevadores.

DEVERÁ SER PROJETADO E PROPOSTO ALGUNS EQUIPAMENTOS DE APOIO AO CONJUNTO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL, SENDO QUE PELO MENOS DOIS DESTES EQUIPAMENTOS, DEVERÃO SER CONTEMPLADOS NO PROJETO, SÃO ELES:

1. Salão de festas;
2. Playground;
3. Pista de caminhada;
4. Ciclovia;
5. Equipamento esportivo
6. Estacionamento – 40% do número de unidades terá vaga de carro (152 vagas) disposta em bolsões de estacionamento.

      O objetivo do projeto é definir no bairro multifuncional, transporte público de qualidade, incentivo a utilização de bicicleta e oferta de comércio, serviço e trabalho no bairro.

Uberlândia, fevereiro de 2016

Professor Me. Clayton França Carili

PROJETO DE ARQUITETURA V- ATIVIDADE 3



RELATÓRIO DE VISITA A UM CONJUNTO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NA REGIÃO DO TRIÂNGULO MINEIRO

ENTREGA: 4 DE ABRIL
NÚMERO DE PESSOASA PARTICIPAR DO TRABALHO: máximos QUATRO pessoas
VALOR: 1,5 PONTOS

Deverá ser organizada pelo representante uma lista para que os estudos não se repitam.

1. Localizar o conjunto escolhido – cidade – bairro – mostrar mapa;
2. Nome do Conjunto Habitacional de Interesse Social;
3. Ano de Implantação do projeto;
4. Responsável pelo projeto;
5. Faixa de renda para o financiamento da habitação;
6. Número de unidades habitacionais;
7. Tipos de unidades: apartamentos, casas térreas, casas geminadas, etc.
8. Programa de necessidade e tamanho da habitação, área em m2
9. Plantas das unidades – se não encontrar apresentar croquis;
10. No conjunto temos algum outro equipamento?
11. Pontos positivos do projeto;
12. Pontos negativos;
13. Fotos das unidades habitacionais com legendas;
14. Colocar uma foto do grupo junto as unidades habitacionais.
Se possível conversar com os moradores para saber o que acham do conjunto.

PARA QUE A AVALIAÇÃO SEJA INTEGRAL DEVERÁ SER ATENDIDO O MÁXIMO DOS QUESITOS SOLICITADOS

FEVEREIRO DE 2016
PROFESSOR Me. CLAYTON FRANÇA CARILI

PROJETO DE ARQUITETURA V - ATIVIDADE 2



ORIENTAÇÕES MESA REDONDA - ARTIGO


Ø  Mesa redonda sobre diversos temas;
Ø  Tempo para explanação das ideias por grupo: 15 min. Tempo para debate da sala: 5 min;
Ø  Todos deverão preparar o texto para apresentação no primeiro dia;
Ø  A ordem de apresentação será feira por sorteio
Ø  Todos os alunos que participam do grupo terão expor a sua ideia, resumindo o assunto estudado;
Ø  Data para o debate/mesa redonda: 7 e 9 de março
Ø  A nota será individual, em virtude da participação do aluno no debate;
Ø  Valor: 1,5 pontos
Ø  Artigos a serem analisados e debatidos pelos grupos:




FEVEREIRO DE 2016
PROFESSOR Me. CLAYTON FRANÇA CARILI