segunda-feira, 26 de outubro de 2009

ATELIÊ INTEGRADO - CENTENÁRIO DO PAISAGISTA ROBERTO BURLE MARX


OBJETIVO

· Estudar a importância do paisagista Roberto Burle Marx, vida e obra no ano em que completa o seu centenário de nascimento;
· Proporcionar ao estudante o contato com a vida e obra do paisagista e um reflexão a respeito do meio ambiente e da arte de projetar jardins;
· Possibilitar a integração dos alunos dos diversos períodos do curso de arquitetura e urbanismo a partir de um tema central definido pelo colegiado de curso;
· Despertar no aluno a criatividade, potencial de síntese, análise e de leitura de obras e conceitos do paisagista Roberto Burle Marx.

JUSTIFICATIVA

“Roberto Burle Marx foi um dos maiores paisagistas do nosso século, distinguido e premiado internacionalmente. Artista de múltiplas artes foi também, desenhista, pintor, tapeceiro, ceramista, escultor, pesquisador, cantor e criador de jóias, sensibilidades que conferiram características específicas a toda a sua obra.
Nasceu em São Paulo, a 4 de agosto de 1909, passando a residir o Rio de Janeiro a partir de 1913. De 1928 a 1929 estudou pintura na Alemanha, tendo sido freqüentador assíduo do Jardim Botânico de Berlim, onde descobriu, em suas estufas, a flora brasileira. Seu primeiro projeto paisagístico foi para a arquitetura de Lúcio Costa e Gregori Warchavchik, em 1932, passando a dedicar-se ao paisagismo, paralelamente à pintura e ao desenho.
Em 1949, com a compra de um sítio de 365.000 m2, em Barra de Guaratiba, no Rio de Janeiro, organizou uma grande coleção de plantas. Em 1985 doou esse Sítio, com todo o seu acervo, à extinta Fundação Nacional Pró Memória, atual Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.
Em 1955 fundou a empresa BURLE MARX & CIA LTDA., pela qual passou a elaborar projetos de paisagismo, fazer a execução e manutenção de jardins residenciais e públicos. Desde 1965, até seu falecimento, contou com a colaboração do arquiteto Haruyoshi Ono. Roberto Burle Marx faleceu no dia 4 de junho de 1994, no Rio de Janeiro, aos 84 anos.”
http://www.burlemarx.com.br/historico.htm
O projeto justifica-se pela importância do paisagista e sua obra, sendo este ano o centenário de nascimento do paisagista e a oportunidade de homenageá-lo e estudar seu trabalho e legado de sua obra as cidades.

PROPOSTA DE TRABALHO

O projeto tem como proposta de trabalho encontros com todos os alunos do curso de arquitetura e urbanismo com o desenvolvimento das seguintes atividades:
1. Exibição do vídeo “Roberto Burle Marx” e discussão entre os alunos e professores da importância do paisagista e de sua obra;
2. Palestra e exposição do projeto da Praça Sérgio Pacheco;
3. Oficina de Instalações e de Bolos.

O ATELIÊ INTEGRADO

Os produtos gerados no Ateliê Integrado serão a execução de uma instalação e de um bolo tendo como referência toda a obra de Roberto Burle Marx.

Número de participantes por grupo: 10 pessoas

Objetivo: Abstrair o que é de mais importante e significativo na obra do autor.

Produtos: Montar uma instalação e confeccionar um bolo para avaliação e comemorar o centenário do artista.

Regras a serem seguidas:
Cada equipe terá um espaço dentro de uma sala para montar a instalação, sendo permitida a utilização de qualquer tipo de material desde que não danifique a estrutura das salas de aula. No término das atividades deverão ser limpas as salas pelas equipes.

As instalações deverão propor algo que seja representativo da obra do autor sendo avaliados os seguintes quesitos:
1. Criatividade;
2. Materiais utilizados;
3. Leitura da obra do autor, ou seja, a instalação consegue envolver as pessoas que aí visitarão e está transmite o que é o Paisagista Roberto Burle Marx
4. Memorial descritivo sucinto que descreva a instalação.
Na instalação deverá ser colocado o bolo que será confeccionado pela equipe. A medida mínima do bolo é de 60x30cm.

O bolo será avaliado os seguintes quesitos:
1. Criatividade e representatividade deste com relação à obra do autor;
2. Integração do bolo com relação à instalação;
3. Sabor.

CRONOGRAMA

A atividade do Ateliê Integrado será parte da Semana da Arquitetura.
· Execução do bolo (no Laboratório de Nutrição): 23 a 25 de novembro
· Apresentação da instalação e do bolo: 26 de novembro

PONTUAÇÃO

Os trabalhos do Ateliê Integrado (instalação e bolo) serão avaliados em 04 pontos da VT.

Nenhum comentário: